quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Porque escolhemos ser felizes...



Alex: Encontrei aquela menina-bonita-que-estudou-com-a-gente.
Elisa: E como ela está?!
Alex: Casou...
Elisa: Nossa, encontrei com aquele-menino-gostosinho-que-estudou-com-a-gente também esses dias, e ele também casou.
Alex e Elisa: ...
Alex: Só a gente continua feliz...

11 comentários:

MeL disse...

Pois é... Espero ser feliz pro resto da vida!

O Pequeno Diabo disse...

será?

xx

Faby disse...

Ah não sei naum, axo q o casamento deve ter lá suas vantagens....

bjos

Daniel Prestes - Danpotski disse...

felizes e sem aquela protuberância frontal que geralmente é adquirida com o passar do tempo, imagino eu.

Patarata disse...

Identificação plena com a mente de vocês, todos os tópicos me são peculiares...

Feliz! Não estou só no mundo. =D

Triste... Não estou só no mundo. =(

Bell Bastos disse...

Pois é... Espero ser feliz pro resto da vida! [2]

coizinha disse...

feliz e sempre...

Brenda disse...

Acho que o que mais pesa num casamento é o fardo de encará-lo como algo que tem de ser celebrado, que todos saibam e que carreguemos o fardo de sustentá-lo fazendo com que seja um relacionamento sempre saudável e ambas as partes estejam felizes. Isso cansa. Pois as pessoas acabam enxergando-o com uma responsabilidade a mais. Casar é como carregar um título, tornou-se tradicionalmente chato. Perde-se todo o encanto de "quero morar contigo!" ou "vamos fugir juntos?". Acho que as pessoas deviam fugir do termo em si e se voltar para tal como uma aventura, algo divertido e diferente. Como a vontade que temos de morar com os amigos durane o período da faculdade, o "casamento" devia ser visto como a vontade de viver junto daquela pessoa inseparável, e só. Aliás, prefiro o vulgar "juntar" ao clássico "casar".

Fezzoka disse...

Casar é pra loucos!

kikoriaze disse...

Adorei! Seu blog está delicioso!

Thiago Augusto" disse...

aiiin *___* eu quero casar ;D

 
Real Time Analytics